15 December, 2007

Personal gift for Xmas

"If you want to make minor, incremental changes and improvements,
work on practices, behavior or attitude.

But if you want to make significant, quantum improvement,
work on paradigms."

8th Habit: From effectiveness to greatness, Stephen R. Covey
@ The 7 Habits of Highly Effective People®

22 November, 2007

Paris

E para que as recordações não sejam efémeras...
Aqui fica um momento registado em bytes!
Porque todos os outros (melhores) pedaços com certeza estão bem melhor registados :)
SwáaaaaaaaSthya


01 November, 2007

A minha vida dava uma banda sonora

Creep - Radiohead

...
I don't care if it hurts,
I wanna have control
I want a perfect body
I want a perfect soul
...
But I'm a creep
I'm a weirdo
What the hell am I doin' here?
I don't belong here

I don't belong here...

22 October, 2007

Barbican

Seduced: Art and Sex from Antiquity to Now


07 October, 2007

06 October, 2007

Só para que conste....

E porque a chuvinha voltou... fica aqui uma chuveirada cerebral para "TodosAquelesQuePassamAVidaAChatearMeACabeçaDeQueAquiSoChove
EQueNaoAconteceMaisNadaAlemDesseFictícioFacto"

Actividades (out-side-in) domésticas

Nome: Sra Dona
Idade: 42 anos
Profissão: Doméstica
Especializações: estrujido e arroz malandrinho de tomate
Hobbies: bonecas de porcelana, lustros, rendas, enfeitar a maison com cenas da casa dos chineses
Favorite Quote: Não gosto nada dessas modernices



05 October, 2007

Far away...

I wish I was a fisherman....

(Marrocos by me)

tumbling on the seas

far away from dry land
and its bitter memories
casting out my sweet line
with abandonment and love
no ceiling bearing down on me
save the starry sky above
with Light in my head
and you in my arms...
(Fisherman´s blues by Waterboys)

20 September, 2007

Freeze walking....

... even for a brief moment Slava warm up my ventricle!

29 August, 2007

O que faria se não tivesse medo?

Vivia mais!

Mas agora só preciso de respirar! Respira comigo! Faz uma inspiração bem lenta e profunda, enche os pulmões de ar, e ao expirar relaxa… não te (pre)ocupes agora em entender seja o que for! Não há nada pra entender mesmo! Deixa que a vida se encarregue das respostas... elas surgiram naturalmente, e aí tudo ficará claro, óbvio e simples... com o tempo.... O tempo: nem sempre temos os dois um bom relacionamento: a inércia dele não combina com a dinâmica da minha vontade! Mas o gajo é poderoso... transforma qualquer drama numa comédia, uma guerra numa história de amor...

... Sonhos... Sonhos... Sonhos... venham muitos! Mesmo que longínquos, arriscados ou tontos :) nós fazemos-los ficarem perto, fáceis e reais. Meus eles já são!

Porque (só) ontem foi Carnaval

... é preciso rirmos e dançarmos e darmos abraços e beijinhos.
Levar tudo mais a brincar, até as coisas sérias.... a curtir um alto som de musica pirosa :)

Carnaval em Notting Hill

02 August, 2007

Earthlings

We are all Earthlings!! Make the connection!
(Clica em cima para visualizar o vídeo)



Os animais do mundo existem para os seus próprios propósitos. Não foram feitos para os seres humanos,
do mesmo modo que os negros não foram feitos para os brancos, nem as mulheres para os homens.
(Alice Walker)

"Por mais que Herman tivesse testemunhado o abate de animais e peixes, ele sempre tinha o mesmo pensamento: no seu comportamento em relação aos animais, todos os homens são nazistas. A presunção com a qual o homem pode fazer o que quiser com outras espécies exemplifica as teorias racistas mais extremas, a lei do mais forte."
Isaac Bashevis Singer (1904-1991) vencedor do Prêmio Nobel, no seu livro de maior sucesso, "Enemies"

Como nós, esses animais incorporam o maravilhoso mistério da consciência!
Como nós, eles não estão só no Mundo, mas cientes dele!
Como nós, eles são o centro psicológico de uma vida que é somente sua!

Nós os padronizamos por serem incompletos,
Pelo seu trágico destino de se terem formado tão baixo de nós.
E nisto nós erramos gravemente!
Dotados com extensões dos sentidos que nós perdemos… ou nunca possuímos!

Afinal somos todos terráqueos!

28 July, 2007

A cidade


(Foto by João, 27/ 07/ 2007)

"A cidade está deserta, e alguém escreveu o teu nome em toda a parte:
Nas casas, nos carros, nas pontes, nas ruas.
Em todo o lado essa palavra repetida ao expoente da loucura!
Ora amarga! ora doce! Pra nos lembrar que o amor e uma doença
Quando nele julgamos ver a nossa cura! " (Ornatos Violeta)

25 July, 2007

E ando eu aqui às voltas....

Naquele dia saí de casa (como sempre) ...
vesti a mesma roupa de sempre,
a mesma cara, a mesma Sónia de sempre...
na esperança que me notasses!
Fui ao sítio do costume e decidi que não queria ir pra mais lado algum
que não fosse aquele lugar de sempre... o lugar que me acostumei...
na esperança que te acostumasses a mim!
Andei por lá às voltas... às voltas... na esperança que me notasses!
Assim sempre me podes ver umas 1001 vezes
e depois se não acreditares no amor à primeira vista... acreditarás no à 1001ª?!


Giroflé na Mary fuckin Puppins land...

15 July, 2007

só me apetecia

só me apetecia abraçar as pessoas que achava serem antipáticas...
para lhes mostrar que só lhes falta mesmo descobrir o amor!

(João, o meu amigo, a minha primeira visita oficial do Vallis)

09 July, 2007

Magia



Momentos mágicos...
.... instantes
sem pressa de se irem embora...

- Fica!
- Anda!
- Vou?
- Sim! Anda!
- Para onde?
- Interessa!?
- Não!
- Então porque não vens?
- Então porque não ficamos?
- Tá bem! Ficamos!
- Mas querias ir a algum lado em especial?
- Não... só queria ir.. sei lá... normalmente as pessoas estão sempre a ir para algum lado não é?!
- Mas estás com pressa?
- Pressa? De quê? De me ir embora?!
- Não! Que isto acabe!
- Nenhuuuuma :))) ..... OK... ficamos :)
- Fica :)
- :)

Elogio ao amor



By Miguel Esteves Cardoso (Expresso)

"Eu próprio percebo pouco do que tenho para dizer. Mas tenho de dizê-lo. O que quero é fazer o elogio do amor puro. Parece-me que já ninguém se apaixona de verdade. Já ninguém quer viver um amor impossível. Já ninguém aceita amar sem uma razão. Hoje as pessoas apaixonam-se por uma questão de prática. Porque dá jeito. Porque são colegas e estão ali mesmo ao lado. Porque se dão bem e não se chateiam muito. Porque faz sentido. Porque é mais barato, por causa da casa. Por causa da cama. Por causa das cuecas e das calças e das contas da lavandaria. (...) Nunca vi namorados tão embrutecidos, tão cobardes e tão comodistas como os de hoje. Incapazes de um gesto largo, de correr um risco, de um rasgo de ousadia, são uma raça de telefoneiros e capangas de cantina, malta do "tá bem, tudo bem", tomadores de bicas, alcançadores de compromissos, bananóides, borra-botas, matadores do romance, romanticidas. Já ninguém se apaixona? Já ninguém aceita a paixão pura, a saudade sem fim, a tristeza, o desequilíbrio, o medo, o custo, o amor, a doença que é como um cancro a comer-nos o coração e que nos canta no peito ao mesmo tempo? O amor é uma coisa, a vida é outra. O amor não é para ser uma ajudinha. Não é para ser o alívio, o repouso, o intervalo, a pancadinha nas costas, a pausa que refresca, o pronto-socorro da tortuosa estrada da vida, o nosso "dá lá um jeitinho sentimental". Odeio esta mania contemporânea por sopas e descanso. Odeio os novos casalinhos. Para onde quer que se olhe, já não se vê romance, gritaria, maluquice, facada, abraços, flores. O amor fechou a loja. Foi trespassada ao pessoal da pantufa e da serenidade. Amor é amor. É essa beleza. É esse perigo. O nosso amor não é para nos compreender, não é para nos ajudar, não é para nos fazer felizes. Tanto pode como não pode. Tanto faz. É uma questão de azar. O nosso amor não é para nos amar, para nos levar de repente ao céu, a tempo ainda de apanhar um bocadinho de inferno aberto. O amor é uma coisa, a vida é outra. A vida às vezes mata o amor. A "vidinha" é uma convivência assassina. O amor puro não é um meio, não é um fim, não é um princípio, não é um destino. O amor puro é uma condição. Tem tanto a ver com a vida de cada um como o clima. O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende. O amor é uma verdade. É por isso que a ilusão é necessária. A ilusão é bonita, não faz mal. Que se invente e minta e sonhe o que quiser. O amor é uma coisa, a vida é outra. A realidade pode matar, o amor é mais bonito que a vida. A vida que se lixe. Num momento, num olhar, o coração apanha-se para sempre. Ama-se alguém. Por muito longe, por muito difícil, por muito desesperadamente. O coração guarda o que se nos escapa das mãos. E durante o dia e durante a vida, quando não esta lá quem se ama, não é ela que nos acompanha - é o nosso amor, o amor que se lhe tem. Não é para perceber. É sinal de amor puro não se perceber, amar e não se ter, querer e não guardar a esperança, doer sem ficar magoado, viver sozinho, triste, mas mais acompanhado de quem vive feliz. Não se pode ceder. Não se pode resistir. A vida é uma coisa, o amor é outra. A vida dura a vida inteira, o amor não. Só um mundo de amor pode durar a vida inteira. E valê-la também."

(Ando sem criatividade nenhuma pra letras e imagens.... uso hoje as de quem gosto...
"elogio ao amor" do Miguel... prontos... tá elogiado
S :)

08 July, 2007

Spread the Love...

My art, my music, my vice
my freedom, my love...

03 July, 2007

Sou uma anormal (quase que) perfeita

Agora uma pausa para pensar....

Pensa no quão imperfeita eu sou.... o quão egoísta eu sou, ciumenta, rancorosa... decepcionante às vezes!

Mas é isso que me faz escrever, que me faz emocionar com uma canção... e também o que me faz ser o que sou... na minha totalidade. É isso que me faz ser mais e mais vezes Eu e deixar o Eu que eu gosto menos ...

Deixa-me ser assim... na minha ilusão de querer muito de tudo! Logo tu que sabes que odeio ter tudo por menos que isso.

Agora faz uma inspiração bem lenta e profunda... enche os pulmões com ar na sua plenitude.... e ao expirares descontraí... te-me!

SwáSthya & Surf 2007

Uma amostra...

29 June, 2007

Complexo B

Suplementos britaminicos pro Cebrero

Nunca me deixes
esquecer das músicas que me fizeram chorar....
Lembra-me dos sorrisos e dos "gosto de ti"s....
Gasta-me.... tudo! Se for um pouco menos do que isso fico carente!

28 June, 2007

Integração e Conexão

A egrégora te protejerá na proporção directa da tua identificação com ela e te desprotegerá na razão inversa da tua desidentificação com a mesma.

Integra-te (só) com os que queres... e conecta-te (o mais que puderes)

18 June, 2007

Diálogos prováveis

- Do que é tu gostas mais?
- Muitas coisas! Agora por exemplo gosto de estar aqui! A protagonizar contigo. Adoro diálogos... mas gosto mais daqueles que ninguém fala nada. É bom o paladar das palavras, mas o silêncio dos olhares ui...
- Ui, estás muito refinada nas palavras...
- Vá... deixa-te de merdas!
- Do que é que tu não dispensas para viver? O que te faz mais feliz...
- A cumplicidade... quando não sabes porquê, nem como... só sabes que sim, que é... e prontos! E a simplicidade...
simples e a fim de nada!
- De que gostas menos?
- Do tempo! Não me dou nada bem com ele. Rrrrr... falta sempre muito para tudo o que quero fazer.... "Falta muito?"
- Gostas mais do dia ou da noite?
- ... por favor não me faças perguntas difíceis!
- Anda lá.... tens que ter alguma preferência não?!
- Grande parte das vezes gosto mais de me deitar com o Sol e acordar com a Lua! Mas preferia não ter que me deitar nunca!
- Como te defines? Quem és?
- Olha sei lá, sou esta coisa que vês! Não compliques! Vá... agora fica quietinho! Não me faças mais perguntas!
(silêncio)
...
- Vês...
- O que foi?
- Acabaste de me dar um momento mágico :)
- Mas eu não fiz nada! Pediste para eu ficar quieto!
- :) fizeste-me esquecer de tudo o resto... instantes de simbiose perfeita com o Universo! Isso é magia :)
- Que booooom :) ......... olha?!
- Estou a olhar :) ........
- Achas que o nosso amor vai acabar?
- Ouvi dizer que não ;)
- Hum....
(silêncio)
...
- Agora vens?
- Onde?
- Precisas de saber?
- Não.
- Logo vês...
(silêncio)
...
- Vês, é por isso!
- Por isso o quê? De que estás a falar!
- É por isso.... estou aqui e tenho a certeza que não quero voltar!
- Então afinal vais ser minha namorada ou não :) ?
- ahahahha vou pensar :) namorada não sei...
daquelas para andar de mão dada na rua e tudo? :)
- Agora não compliques tu tá?!
- :) Eu quero namorar contigo! Isso implica ser tua namorada? (Não tenho essa noção)
- :)
- Derretes-me....
- E eu gosto de ti!
- Deixa-me deliciar-te! ... recomendo o fechar dos olhos....
- Não digo mais nada!
- Ufa
...

04 June, 2007

Viagens

Viajando no espaço terrestre X, Y voltei no tempo Z!
As coordenadas X Y Z não me bateram certo (e logo eu que sou boa a matemática... mas existem incógnitas que não têm lógica de serem nem razão para existirem)

28 May, 2007

Don´t walk... fly

We could fly... 'cause we all have wings but some of us don't know why!
* INXS



O castelo

Não, não é o do Kafka... mas este também é bem bonito!

Castle@Edimburgh :)

Quando eu era pequenina....

... tinha (realmentetemossempretudooquequeremos) tudo o que queria... mas (comosempreachamossemprequenaotemostudooquequeremos) sonhava... (sonhavarefilavasonhavaargumentavasonhavalutavasonhavapediasonhavaimaginavasonhava)

"quando crescer quero ser bailarina e quero ir para todo o lado"


(Ballerina@Covent Garden, London)

"Imagination is everything; its the preview of Life' s coming attractions " *Einstein

Ontem fui para mais um outro lado e fui dançar :)


(Me@Edimburgh, Scotland)

Monty Phyton

My first GUINNESS WORLD RECORD - Largest Musical Ensemble (Unconventional Instruments)

Eu estive lá... eu mais os outros 5876 para a maior orquesta de instrumentos não convencionsis (leiam-se cocos :)... sim cocos :) .... hahaha

(Monty Phyton@Trafalgar Square, London)

(recebi por email)
"CONGRATULATIONS!
We would like to thank you for being one of a staggering 5,877 who banded together in the names of St George and King Arthur on 23 April 2007 to wrest the GUINNESS WORLD RECORD for Largest Musical Ensemble (Unconventional Instruments) from the Americans. YOU have helped bring this record home. YOU have clip-clopped your way into the history books and we understand from the folks at Guinness World Records that YOU (plus 5,876 others) will be appearing in the 2007 Guinness World Records book, available from all respectable (and possibly some rather dubious) book retailers from September."

21 May, 2007

Pilares

Ás vezes os outros, a familia, os amigos...! Outras vezes Eu...
presa ao que fui e fiz num passado que não existe mais...
apegada ao que quero ser e fazer num futuro que nem sequer existe ainda: Ego

... e hoje não sou mais Eu!


(Photo by me, Foz-Porto)

Sala de espera...



Virtual insanity Oh yeah...

"Oh yeah what we're living in...
And nothing's gonna change the way we live..."


(Jamiro... sardines on carbon... carbon on sardines)

Insanidade (pleeeeeease)

(recebido por email... entre outras seleccionei as "top 7" para mim)

1. Põe café descafeinado na máquina de café, durante três semanas. Quando todos tiverem perdido o vício da cafeína, muda para café expresso.

2. Sempre que alguém te disser alguma coisa, responde "isso é o que tu pensas".

3. Pergunta sempre às pessoas de que sexo são. Ri, histericamente, quando elas te responderem.

4. Quando fores à ópera, canta com os actores.

5. Vai a um recital de poesia e pergunta a toda a gente por que é que os poemas não rimam.

6. Quando sair dinheiro da caixa Multibanco, grita.

7. À hora do jantar, anuncia aos teus filhos: "devido a nossa situação económica, vamos ter que mandar um de vocês embora" .


Tenho que experimentar.... HAHAHAHAHAHA

20 May, 2007

Playbomil :)

playbomil version 11.0


playbomil return (now in another upgrade version)



Under construction....

Cativa(-me)

O Principezinho a cativar a raposa ... (Antoine De Saint-Exupéry)








Poupança parece palavra da moda...
poupa-se para os jeans que estão na moda, para viajar para o sitio que está na moda.... até se poupa para quando nós não estivermos mais na moda (quando formos mais "crescidos"). Mas ok :)

Mas também se poupam sentimentos e reconhecimentos, poupam-se sorrisos... economizam-se egos e "gosto de ti"s. E isso não está ok :(

Não te poupes e não me poupes! Investe! Declara-te!! Elogia e insufla o ego de alguém! E Gasta! Tudo!

17 May, 2007

Amor b&w

Nem sempre tudo tem que ser preto e branco!
Nem sempre tudo é claro como o branco no preto,
nem simples como preto e branco!
Amor complicado aquele que não te podes declarar... para que todo o Universo saiba!
Não podes andar de mão dada na rua, não podes beijar na boca no meio da multidão, nem tão pouco fazer declarações publicas de amor desse amor...
(Tantos "não's" e logo eu, que gosto tanto dos "sim's")


(Photo by me Ramblas, Barcelona Abril/2007)

14 May, 2007

... a hand full of nothing

and a heart that’s pulsing inside your chest

(não me sai da cabeça...)

Blasted Mechanism

take all the time you need
don’t forget to breathe in the meanwhile
for the minute all you have is a hand full of nothing
and a heart that’s pulsing inside your chest

well don’t bother me!
who I am?
I’m just a man imprisoned in a body cell
and it’s her life spinning on the tip of my finger
shall I shoot it? or should I leave it spinning?
it’s true, our heart it’s free, don’t you know?
we’re the mechanism empowering the shooting bow
we’re talking about a new free area of perfect sense
just like the message we represent

12 May, 2007

Amuei...

... não me fizeram as vontades (buáaaaaaaaa)
Agora não sei se me fico pelo rosa choque ou pelo laranja brilhante???!!!



09 May, 2007

Vontade

Ai a vontade! Como eu adoooro essa palavra: tão gulosa quando tenho vontade de comer chocolate, tão entusiasta quando tenho vontade de fazer alguma coisa, tão furiosa quando tenho vontade de mandar alguém à *****... tão intensa quando tenho vontade de ti.

Temos duas características que nos distinguem profundamente dos animais: a inteligência e a vontade. Acho que nos dias de hoje dá-se demasiada importância à inteligência. Sem lhe tirar os devidos créditos prefiro a vontade! Se não tivermos vontade, essa força impulsionadora, de nada nos servem as nossas capacidades intelectuais. A vontade mantém-nos persistentes e é ela que nos move.

Façam-me a(s) vontade(s)! Não 1, nem 2, nem 3...
... 456 delas!

Yôga e Liberdade

Yôga é uma filosofia de vida, ou uma forma de estar na vida como lhe queiram chamar. Ser Yôgí é ser Yôga, e não praticante de técnicas de Yôga. É transpolar a simples prática, e assumir o compromisso de ser uma pessoa mais consciente a cada dia, sendo essa a sua meta: um estado de hiperconsciência ou megalucidez.

Yôga está intrinsecamente ligado com Liberdade. Todos os grandes mestres de Yôga associam a meta do Yôga à Liberdade! A quarta parte do Yôga Sútra Pátañjali (a obra sobre Yôga mais respeitada no mundo actual) - Kaivalva Pádah (Trilha da Libertação) fala directamente da forma como ela acontece.

E a liberdade onde fica? Onde fica a nossa liberdade se o próprio Yôga é uma filosofía de vida onde um dos pontos principais é a disciplina (prática) de aperfeiçoamento pessoal?

A resposta, para mim, é bem simples. Quem está está porque sim!

A liberdade por si só é uma disciplina. Liberdade não é algo que os outros nos conferem ou nos proporcionam, ou que nos permitem fazer ou deixar de fazer; muito menos está dependente de factores externos. Liberdade está sempre associada à existência de uma disciplina interna. Esssa liberdade , que todos julgamos possuir, não passa de uma ilusão, condicionada por costumes e pela sociedade. As nossas opções até podem ser mais vastas que à umas decadas atrás, mas não deixam de ser limitadas, tendo em conta o limite infinito de possibilidades (se te permites).

Ter consciência dessa verdadeira Liberdade, torna-nos “senhores” do nosso destino, um poder colossal de moldarmos a vida segundo a nossa vontade: sermos o que queremos ser, mudarmos o que queremos mudar. Liberdade de fazer ou deixar de fazer, de ser ou deixar de ser.

A liberdade é o nosso maior poder.

“Welcome to the real World”

* Matrix

07 May, 2007

Amor e Liberdade

"Amo a liberdade, por isso deixo as coisas que amo livres ...
Se elas voltarem é porque as conquistei. Se não voltarem é porque nunca as possuí."
(John Lennon)

06 May, 2007

...

(são para nadar eu sei)
... mas encanta-me ver a vida de azul :)


(Gracias Kury :*)

04 May, 2007

4 Maio 2006

4 de Maio de 2007, e já lá vão 365 dias de logins, posts, comments e "desabafos" em bytes e bitaites...

30 April, 2007

Launch 30th April

30 de Abril... de alguns anos atrás!



Hoje faz aniversário que te pisei pela última vez! A última estreia!
Agora não te piso mais, fico a ver-te da plateia... a bater palmas!
Os meus maiores aplausos... de pé claro, vão para ti Nuno e para ti Fernando, por tudo o que me ensinaram aí em cima!As minhas cadeiras de plateia favoritas: Inoxio, Entretanto Teatro, Visões Úteis, La Fura dels Baus.

Como gosto de última vez só para as coisas de que não gosto... digo-te "Até já"!
Qualquer dia salto daqui da plateia aí pra cima, outra vez :)

29 April, 2007

Barça

Não me encantou... mas gostei!
Não me surpreendeu... mas fiquei com vontade de voltar!

O menos bom: as horas incontáveis à procura de uma cama para dormir... mais e mais e muitas mais recepções de hoteis e pousadas com direito a atendimento subtilmente delicado... arghhh (talvez pela quantidade de turistas ou simplesmente pela má educação mesmo. Ou então o problema sou eu e não me adaptei à realidade deles). Seja como for lá encontramos um sitio lindo para ficar... pelo menos para descansar as mochilas, porque os pés esses nunca mais vão ser os mesmos.

O mais bom melhor de tudo: NÓS claro! O ponto de encontro, que desta vez foi lá... o juntar de alguns dos meus pedacinhos do coração que começam a ficar espalhadas por esse Mundo fora... (o próximo encontro tá quase... e é no Porto carago :)))))))))))))

... vou voltar!


(Barri Gótic by night)

23 April, 2007

Shakespeare’s Birthday

"Did my heart love till now?
Forswear it sight, for I ne'er saw true beauty till this night."
Ele in "Romeu and Juliet"
(Hummmm.... adoro!)


Ele hoje está de aniversário! Fui lá dar-lhe os parabéns!
Não tinha bolo, mas chamamos o senhor dos gelados e foi bom na mesma! (Adoro)

Parabéns William... e obrigado pelas palavras, pelos filmes que fazem delas... e pelos sonhos, principalmente os das noites de Verão! Adoro :)


(23 Abril, shakespeare's globe)

St George's Day

England's National Day


"Cry God for Harry, England and Saint George!"

William Shakespeare (Henry V)

21 April, 2007

Home@UK II


(o chafariz da minha cidade)

Beach Party

... e se de repente vais passear numa tarde de domingo à beira rio...
e és confrontado com certas e determindas situações: uma beach party. Sim, na praia... em London... só podia ser em London!
Lá tive eu que ir sujar os pés de areia... lol :))))
Cada vez gosto mais desta cidade. Não para fazer turismo, mas para viver dentro dela. Como eu gosto de vivê-la.

Spunky Cheeba Beach Party

(
Sunday 15th April :: Beach party on Thames, under Waterloo Bridge)

Home@UK I


(o quintal da minha rua)

Ao encontro dos pés morenos

Hum... como eu adoro vê-los morenos!

(Photo by me)

Laços

... como a "boa" filha que casa, sai do colo bom da mummy para ir viver com o sapo chato! Quebrei!
Estava aí e queria vir para aqui! Quebrei!
Depois estava aqui e queria voltar muitas vezes para aí! Quebrei!
Depois estava aqui e gostava de ir aí! Quebrei!
Depois (agora) estou aqui! Quebrei outra vez!
Será sempre um prazer voltar lá, mas voltar para aqui é cada vez um prazer maior!


Estava mesmo a precisar deste divórcio! Quebrei! Desfiz o laço!

Home@PT I


(Ribeira, Pooooorto_carago by me)

Azuuuuuuuuul

Saudades do Azul do Verão...

(Verão de S.Martinho no Inverno de 2006/ 2007 by me)

18 April, 2007

Força Toni!

Os filmes que eu faço...
... das fotos da minha vida...


(baseado no filme "O Ninja das Caldas")

Ninja 1 - "Olha que eu vou-te matar... e vai-te doer haaaaaaaaa"
Ninja 2 - "O bem contra o mal... gosto de lutar contra as forças do mal ahahahahaha"
Ninja 3 - "vou-te dar porrada da boa aiiiiiiiiiiiiiiiiiii"
Ninja 4 - "... sangue... litros de sangue"
(jorro de compal polpa tomate)
(...)
Ninja 1 - "Vem sentir a supremacia da dor ahhhhhhhhh"
Ninja 2 - "Eu jurei vingança contra as forças do dragão...vrrrrrrrrrrrrrr"
Ninja 3 - "Tonyyyyyyyyyy...."
(...)
Ninja 3 - "... ahhhhhh e não é que me mataste mesmo!"
(...)

(Morri! Prontos! Agora só me faltam 6 vidas.... miauuuuuuu!)